o curso

Com o objetivo de atuar em todos os segmentos da indústria naval, o  Tec-Naval pretende formar duas turmas: uma que se especializará em Madeira e Compósitos e a outra, em Aço e Alumínio. Uma parte da formação desses alunos será realizada conjuntamente.

Cabe descrever a seguir essas duas áreas de atuação para que os candidatos tenham idéia do seu objetos de trabalho durante o curso e possivelmente após ele.

 MATERIAIS TRABALHADOS:

1. Madeira e Compósitos
A indústria naval que trabalha com madeira e materiais compósitos na construção do casco da embarcação é especialmente a de lanchas e veleiros, utilizada, na sua maioria em atividades de recreio. Existe, também, um campo em desenvolvimento que é a sua utilização em embarcações pesqueiras, lanchas de patrulha e apoio marítimo. Os materiais compósitos mais utilizados são: a fibra de vidro, a fibra de carbono e a fibra de poliamida, utilizados juntamente com resinas epóxi ou poliéster. Na construção em madeira os materiais mais utilizados são: madeira maciça, compensado naval e em alguns casos, laminados de madeira.

A construção em fibra vidro pode ser dividida em dois grandes grupos. Quando se vai construir uma grande quantidade de unidades do mesmo casco, utilizando-se formas para o casco, o convés e outras partes da embarcação; ou quando se vai construir apenas poucas unidades. No primeiro caso, a forma é fabricada primeiro, e exige competência e alto nível de qualificação dos trabalhadores. O casco e as outras partes são laminados na forma e depois montados no berço. Esta forma de construção tem grande produtividade. A construção de um pequeno número de unidades precisa de uma forma de conformação de uma matriz para receber a laminação e, quase sempre, não tem como ser reaproveitada. Este processo é sempre mais barato do que a construção por formas, mas exige maior dispêndio de mão-de-obra.

A construção em madeira tem algumas linhas de atuação: A construção de embarcações de maneira artesanal e tradicional, dentre elas destaca-se a construção de traineiras, canoas de tronco escavado e caíques, que operam com grandes peças de madeira e tabuados de até uma polegada de espessura. A tradição de construção não será objeto especifico do curso. O curso discutirá a utilização de peças menores de madeira e compensado naval que podem ser revestidos com fibra de vidro, em geral esta tecnologia possui uma eficiência maior tendo como referencia o peso do casco. Em madeira existem diversas tecnologias de construção: Costura e Cola, “Strip Plank”, “Ply Glass”. Todas serão abordadas no curso.

A Indústria que trabalha com madeira e fibra de vidro tem diversos pontos de contato, para construir uma forma é necessário um plug que normalmente é fabricado com madeira ou MDF. E a construção em madeira normalmente é enrijecida com uma ou mais camadas de fibra de vidro. Em ambas existe um trabalho de modelagem para dar acabamento no casco.

Os alunos formados em madeira e fibra de vidro trabalharão com estes materiais em qualquer indústria que a utilizem. Terão amplos conhecimentos sobre embarcações capacitando a trabalhar em diversos estaleiros. Sendo o segmento mais expressivo o das pequenas embarcações em madeira e compósitos.

2. Aço e Alumínio
O trabalho com aço e realizado por varias indústrias ao longo do país. Na industria naval possui utilização na construção em grandes e pequenas embarcações. As grandes embarcações que possuem aço como material do casco são utilizadas para o transporte diversas cargas: petróleo, soja, minério, contêiner,… As embarcações de aço de médio porte mais comuns são as de apoio a plataforma, atualmente representam grande parte das obras construídas no Brasil, além das balsas. As embarcações pequenas em aço são os rebocadores e em menor numero pesqueiros e veleiros.

A indústria naval brasileira tem pouca tradição na utilização do alumínio apesar de ser um material muito eficiente. Atualmente é mais utilizado na construção de embarcações de transporte de passageiro e embarcação de recreio de luxo.

Na indústria de construção naval de grandes embarcações em aço, o processo começa com o tratamento de chapas, com a fabricação de peças e sub-partes com as quais, normalmente, são montados blocos, dando origem a uma organização espacial seqüencial. Uma vez construídos esses blocos, eles são edificados em seções no sítio onde o casco será montado — que pode ser uma carreira, um dique ou ainda um galpão, do qual, uma vez finalizado, o casco será transportado para o mar. Esta é uma forma de organização que necessita de muito espaço e equipamentos de transporte.

A construção de pequenas embarcações em aço e alumínio utiliza as mesmas tecnologias de fabricação de peças e conformações do casco empregadas em grandes navios. A principal diferença é que não são construídos blocos. Todas as peças são montadas diretamente no berço onde o casco será construído, até a fase final de acabamento. A área industrial é constituída por oficinas de fabricação e um local para o berço (ou berços). Pode apenas ser um grande espaço coberto, com as atividades organizadas num fluxo linear desde a entrada do material até o berço. O maior investimento é em instalações, que, preferencialmente, mas não necessariamente, devem contar com um acesso próximo ao mar ou a águas internas. Os equipamentos de processamento e transporte são relativamente baratos — e o elemento decisivo é a qualidade e a qualificação dos trabalhadores.

Os alunos formados em aço e alumínio estarão habilitados a trabalhar em diversas indústrias que trabalhem com esse materiais e em estaleiros de todos os portes que trabalhem com aço e alumínio.

CARGA HORÁRIA:

  • 1200 horas-aula, distribuídas em jornadas de 8 horas-aula diárias, com 1 hora de intervalo para o almoço, de segunda a sexta-feira, perfazendo uma duração de aproximadamente 8 meses, com 300 horas de estagio orientado após cumprir todas as horas aulas.

MÓDULOS:

O Tec-Naval será composto por dois módulos: 1) Fabricação de embarcações em aço e alumínio; e 2) Fabricação de embarcações em madeira e materiais compósitos.

1. Fabricação de embarcações em aço e alumínio

  • Oficina de Aço e Alumínio (Solda, Corte, Conformação, Usinagem, alinhamento)
  • Ciência dos Materiais (aço e alumínio)
  • Tecnologia da Construção Naval das grandes embarcações
  • Projeto de embarcações e sistemas flutuantes
  • Desenho
  • Cad
  • Organização do Trabalho
  • Leitura e Produção de Texto
  • Política na Construção Naval
  • Organização do Trabalho
  • Planejamento e Controle de Produção

2. Fabricação de embarcações em madeira e materiais compostos

  • Oficina Madeira e Compósitos (Corte, Laminação, Colagem, Modelagem, Lixa)
  • Ciência dos Materiais (madeira e compósitos)
  • Tecnologia de Construção de pequenas embarcações
  • Projeto de embarcações e sistemas flutuantes
  • Desenho
  • Cad
  • Organização do Trabalho
  • Leitura e Produção de Texto
  • Política na Construção Naval
  • Organização do Trabalho
  • Planejamento e Controle de Produção

8 Respostas para “o curso

  1. GOSTARIA DE SABER COMO E ONDE SÃO FEITAS AS INCRIÇÕES PARA O CURSO DE TECNICO NAVAL.

  2. OSNY DA CUNHA MENDES

    GOSTARIA DE SABER COMO E ONDE SÃO FEITAS AS INSCRIÇÕES PARA O CURSO DE TECNICO NAVAL

  3. gostaria de ser informado quando estiverem abertas as inscrições para o curso, quero me candidatar a uma vaga
    Agradecido

  4. valdoir ferreira tosta

    gostaria de saber a data para inscrição no curso de tecnaval fa UFRJ, tenho nível superior incompleto. Já construo barcos de pequeno porte(baleeiras) atualmente iniciarei a consttrução de um barco maior en torno de oito metro, preciso de especializar-me na área nautica e muito me interessa fazer este curso. PF, informem sobre a data certa. grato valdoir

  5. Pingback: Chamada para o TecNaval 2010 « Tecnaval UFRJ

  6. Gostaria de ser avisado sobre novos cursos a serem realizados ainda neste ano. Obrigado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s